Fonte Dingbat a partir de ladrilhos hidráulicos

Me lembro que fiz um projeto da Faculdade baseado em ladrilhos hidráulicos, tivemos que criar um a partir da cultura de alguma tribo indígena - foi bem bacana! E me deparei com esses dingbats que tiveram como inspiração a presença antiga dos ladrilhos hidráulicos na paisagem arquitetônica de Pernambuco.
Os dingbats são fontes digitais que utilizam símbolos e desenhos ao invés de letras, eles também facilitam a reprodução de grafismos e podem dar origem a pôsteres, azulejos, adesivos e papéis de parede. E o designer Guilherme Luigi está desenvolvendo estes a partir de 62 modelos de ladrilhos. Seu processo criativo envolve desvendar as retas e curvas que formam cada quadrante de cada tipo de ladrilho selecionado, além de estudar o comportamento dos módulos formados em diferentes composições.
O ladrilho hidráulico é feito de cimento, pó de pedra, areia fina, pigmentos minerais e água. Ele é utilizado até hoje como revestimento de paredes e pisos, principalmente em cozinhas, banheiros e áreas externas.

Você pode acompanhar o processo na FanPage do Projeto. Não vejo a hora de ver o resultado, que como vemos no processo, ficará incrível! Compartilhe com seus amigos. 
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig