Resenha: Secrets And Lies

Vi tanto o comercial de Secrets and Lies que não resisti à curiosidade de saber o que havia acontecido com Tom Murphy e Ben Crawford. Acabei vendo a primeira temporada inteira em quase três dias, ainda tentando economizar episódios para que não acabasse logo.
Ben Crawford estava correndo quando encontrou o corpo de Tom Murphy, um garotinho que morava em frente à sua casa, e que frenquentemente estava brincando com suas filhas. Desesperado, ele logo chama a polícia, porém acaba se tornando o principal suspeito da morte do menininho. Com muitos segredos e sem conseguir se lembrar dos acontecimentos daquela noite, Ben tenta provar a todos e a si mesmo que não é o culpado, mas tudo parece estar contra ele.

Seu casamento estava prestes a ruir, sua família duvidava dele e a imprensa acampava em seu quintal, mas ainda assim, Ben arranjava forças para investigar o assassinato de Tom e desviar as atenções de cima dele, e principalmente, fazer com que a detetive responsável pela investigação, Andrea Cornell, o deixasse em paz. Mas as coisas ficam cada vez mais tensas, e quando passa a ser perseguido e incriminado por um desconhecido, Ben precisa proteger sua família e impedir que coisas ruins aconteçam com eles, ao mesmo tempo em que tenta manter sua sanidade intacta.
Confesso que não esperava muita coisa dessa série. É claro que estava curiosa para saber o que havia acontecido com Tom e o que viria depois, mas parecia ser só mais uma série de investigação criminal. Normalmente, as séries de criminalística mostram os acontecimentos do ponto de vista dos detetives, de forma que eles são os mocinhos. Em Secrets and Lies, nosso protagonista é Ben, e é para ele que nós torcemos. Ele não é o vilão, este papel fica com a insuportável Andrea Cornell, que parece estar em todos os lugares em que ele vai, e nas horas mais importunas.

Por mais que Ben não se lembre de nada da noite do assassinato, ele sabe que não é capaz de fazer algo tão ruim com uma criança, e essa certeza acaba sendo passada ao telespectador, que em momento algum duvida dele. Eu cheguei a duvidar de sua esposa, seu melhor amigo, da mãe de Tom, Jess, e até mesmo de um rapaz com problemas mentais, mas em momento algum passou pela minha cabeça a ideia de que Ben poderia ser o assassino.

Se ele havia matado Tom, porque insistia em encontrar pistas sobre a morte do garoto? Porque não deixava a investigação com a polícia?
Gostando tanto da série, não sei como consegui odiar tanto os personagens. Ben é um personagem lerdo, por assim dizer. Ele mais atrapalha do que ajuda, e na maior parte do tempo, cava sua própria cova. Não me surpreende que a detetive estivesse o tempo todo em seu pé. Sua esposa, Christy era um pé no saco e suas filhas, Nat e Abbyirritantes. A primeira é a típica adolescente rebelde que acha que pode fazer o que bem entender, e a segunda uma pré-adolescente carente que consegue nos surpreender com seus ataques de fúria. Os únicos que se salvam são Dave, melhor amigo de Ben que vive nos fundos de sua casa, e um pouco do próprio Ben, que tem lá seus momentos de esperteza.
Secrets And Lies é uma série onde todos os personagens são suspeitos, e no fim, o verdadeiro culpado é aquele que você menos espera. É tensa, um pouco assustadora e com muitas perguntas.

O final da primeira temporada deixou um pouco a desejar, o final foi eletrizante, mas um pouco corrido. Achei que o último episódio foi um pouco corrido e forçado, muitas respostas foram deixadas para o final, e isso deixou o desfecho um pouco carregado. Mas tirando isso, foi incrível, e eu mal vejo a hora de ter a segunda temporada. Espero que as coisas comecem de onde pararam, e que ela seja ainda melhor que a primeira.

Secrets and Lies é uma adaptação de uma série australiana chamada Secrets & Lies, com a mesma história, transmitida em 2014 pela Network TenA série é exibida pela ABC desde março de 2015, e pela Sony todas as quartas, às 21h30min.
Share:

13 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Porque que a menina matou o garoto e como que matou ?

    ResponderExcluir
  3. Pelo que entendi por ciúmes, ela planejou o matar

    ResponderExcluir
  4. Abby é uma psicopata. Em várias vezes ficou claro sua falta de sentimento. Além disso ela tinha uma veneração pelo pai. Tom e Jesse estavam ameaçando a estabilidade da família e Abby premeditou matar Tom e incriminar Jesse para tirá-los do caminho

    ResponderExcluir
  5. Que odio dessa menina gente!!! To com tanta raiva, sinica, maluca, falsa... nunca tive tanta raiva de um personagem na vida cara!! 😤😠

    ResponderExcluir
  6. Nossa, e fiquei muuuito insatisfeita com o final!! Foi podre!! Achei q haveria uma continuaçao na sugunda remporada! Mas naaaao... nossa que estraga prazeres, serio mesmo!! Muuito decepcionada!!

    ResponderExcluir
  7. Genteeeeee? Comassim?
    Abby assassina?

    ResponderExcluir

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig