Resenha: Hindsight‏

Hindsight é uma série de TV desenvolvida pela NBC e criada pela autora de Jane By Design. A série é inspirada no filme Peggy Sue Get Married, de 1986.
Becca estava prestes a se casar novamente quando, misteriosamente, foi transportada para o seu primeiro casamento, em 1995. Tudo aconteceu quando ela entrou num elevador, e então acordara anos no passado, quando sua melhor amiga ainda era Lolly, seus pais estavam casados e ela trabalhava num emprego que odiava. Percebendo que aquela poderia ser sua segunda chance, uma chance de compensar os erros que cometera e fazer novas escolhas, ela decide que fará o seu melhor para mudar o futuro.

A única pessoa que fica sabendo de sua viagem no tempo é Lolly, uma garota louquinha com quem ela divide o apartamento, super divertida e quem ajuda Becca a fugir do altar no dia da cerimônia com Sean, seu primeiro namorado. O casamento dos dois foi por água abaixo, e prevendo que isso aconteceria novamente, Becca decide abandoná-lo. Assim como fez com seu emprego.
Becca é uma personagem bacana, mas ela esconde muitas coisas e está sempre mentindo, sem contar que tem uma mania um pouco estranha de roubar o namorado dos outros, principalmente se fosse alguém com quem ela já tivesse namorado ou tido um caso no futuro. Ela também é expert em magoar as pessoas, principalmente aquelas que não merecem ser magoadas, e isso me irritou bastante. Becca tinha recebido uma nova chance de mudar a pessoa que era, mas ela tinha medo de agir diferente de antes e enfrentar as consequências, sendo que elas acabavam sendo bem piores depois. Apesar disso tudo, ela é uma boa amiga, coloca Lolly acima de suas vontades e tenta "não irritar o destino", que sempre parece estar contra ela. Não é uma personagem por quem a gente cai de amores, mas também não é tão ruim assim.
Lolly é uma personagem que surpreende já no início, quando acredita que a amiga veio do futuro e não a manda para um hospício. E acreditem quando eu digo que a parte em que Becca revela seu segredo não é nem um pouco forçada, chega a ser bem divertida, principalmente quando Lolly parece mais interessada nas novas tecnologias do futuro do que no que aconteceu com a best friend. Ela tem um emprego simples numa locadora, mas tem um diploma e poderia exercer sua profissão se quisesse. Ela é uma das pessoas que mais foram magoadas por Becca, mas eu realmente espero que as duas não se separem como da outra vez, quando ficaram dez anos sem se falar.
Falando um pouco agora dos pretendentes de Becca...
Primeiramente temos Sean, seu primeiro namorado, primeiro amor e primeiro tudo. Eles se divertiam muito juntos, mas a relação não deu certo e o casal foi se afogando com o tempo, até que finalmente se divorciaram. Quando volta no passado, Becca ainda tenta namorar Sean novamente, acreditando que é a coisa certa a se fazer, mas percebe que eles realmente não davam certo. Andy é o seu segundo marido, com quem ela estava se casando quando fez a viagem maluca. Eles sempre gostaram um do outro, mas acabaram por seguir caminhos diferentes e só ficaram juntos vinte anos depois. Porém agora Becca tem a chance de seguir uma nova estrada, e já que os dois se gostavam, arriscar e apostar em Andy. Kevin é o último (até agora, e eu não ficaria nem um pouco surpresa se outro homem aparecesse do nada), e o que mais causou confusão. Ele teve um papel importante na vida de Lolly, e isso pode complicar as coisas.

Sinto que estou falando demais, então vou parar...haha’
Hindisght foi uma série que me conquistou já no primeiro episódio, a personagem ir para o passado não me pareceu forçado, para ser sincera, meio que foi bem natural. Não me senti confusa em momento algum, e tudo o que eu mais queria era ver logo o próximo episódio, e o devorava assim que o via já legendado. Hindsight tem dez episódios até agora, e eu estou torcendo muuuito para que seja renovada para uma segunda temporada, principalmente porque acabou de forma muito tensa e complicada, me deixando completamente curiosa.
Enfim, se você procura uma série nostálgica, divertida e com muito drama romântico (e shows), Hindsight é uma ótima aposta.
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig