Resenha: Z Nation

Quando ouvi falar de Z Nation, fiquei muito curiosa para saber se a série era tão boa quanto The Walking Dead, já que ambas mostram um mundo pós-apocalíptico e pessoas tentando sobreviver. A verdade é que ela não chega aos pés de TWD, mas é muito boa. 
O vírus Z apareceu de repente, atingindo o mundo todo e transformando as pessoas em Zumbis, daí o nome Nation (Nação Z). A trama gira em torno de um grupo de sobreviventes que receberam a missão de levar Murphy para a CalifórniaMurphy foi uma das cobaias de uma vacina, testada em criminosos que não tiveram a chance de escolher se a queriam em seu corpo ou não. Claro que nenhum deles se ofereceu voluntariamente para recebê-la. Sendo assim, o antídoto do vírus está em seu sangue, e ele é a única chance de sobrevivência da humanidade. 

O grupo cresce e diminui na medida em que o tempo vai passado e os personagens vão encontrando Zs, mas alguns personagens conseguem permanecer vivos até o final da temporada. A série é cheia de situações clichês e momentos forçados, como quando algum personagem faz o maior drama para matar um Zumbi ou perde tempo demais pensando ou conversando. Esses momentos foram a primeira coisa que me irritou, a segunda foi que Warren é metida demais para o meu gosto. Em algum momento ela toma a liderança do grupo, e aí a coisa só fica pior. 
Em ZNation há romance, há canibalismo, falta de comida, água, combustível e todas as coisas que já vimos em toda história sobre zumbis, mas uma coisa que a diferencia das outras é um personagem em especial que se autodenomina Cidadão ZZ é um hacker que vive num lugar muuuito afastado da civilização. Ele ajuda os sobreviventes através de seus muitos satélites e computadores, sem contar que é uma estação de rádio ambulante. 

Desta vez não falarei muito dos personagens, pois não consegui gostar de quase nenhum deles, e ainda não tive muito tempo de conhecê-los. Mas podem esperar uma mistura bem corajosa e divertida, principalmente da parte de Murphy, que mesmo com o mundo caindo em ruínas, consegue fazer piadas. 
A série conseguiu uma renovação para a segunda temporada, acredito que o tema zumbis tenha sido o responsável pela audiência tão grande, e também o fato de TWD estar “fora do ar” quando ZNation apareceu nas telonas. Para quem gosta de uma boa matança, tripas e sangue para todos os lados, com certeza vai gostar da série, mas não espere nada tão bom quanto The Walking Dead. 
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig