Filmes adolescentes inspirados em obras clássicas

Posso confessar que adoro filmes adolescentes, sempre assisto e dou muitas risadas porque a maioria são comédias ou comédias românticas. Vez ou outra não são e quando pesquisei sobre alguns clássicos adolescentes encontrei essa lista de filmes que foram feitos por base dessas obras clássicas. Vamos conferir?


Filme: A Mentira (Will Gluck, 2010)
Sinopse: Olive (Emma Stone) era aquele tipo de estudante cuja presença não era notada por ninguém, além de sua melhor amiga Rhiannon (Alyson Michalka). Quando ela a convida para passar um fim de semana acampando, Olive dá como desculpa que irá se encontrar com alguém. Na segunda seguinte Rhiannon lhe pergunta como foi o encontro e, para manter a história, Olive diz que perdeu a virgindade com ele. A notícia é ouvida por Marianne (Amanda Bynes), a crente da escola, que logo a espalha para os demais alunos. A situação altera o modo como as pessoas olham para Olive, o que faz com que ela se sinta dividida: ao mesmo tempo em que se sente mal por olharem para ela graças a uma mentira, ela gosta de enfim receber a atenção das pessoas. A situação potencializa ainda mais quando ela aceita a proposta feita por Brandon (Dan Byrd), seu amigo gay, de que finjam ter relações sexuais durante uma festa onde todos da escola estejam presentes. Desta forma Brandon passa a ser visto como heterossexual, deixando de ser perseguido, e Olive assume de vez a figura de vadia da escola. Só que ela não podia imaginar até onde sua fama iria levá-la.
Obra: A Letra Escarlate (Nathaniel Hawthorne)
Sinopse: A Letra Escarlate é um livro de Nathaniel Hawthorne publicado nos Estados Unidos em 1850. A história se passa na Salem do século XVII, colonizada por puritanos vindos da Inglaterra.


Filme: As Patricinhas de Beverly Hills (Amy Heckerling, 1995)
Sinopse: Em Beverly Hills, uma adolescente (Alicia Silverstone), filha de uma advogado (Dan Hedaya) muito rico, passa seu tempo em conversas fúteis e fazendo compras com amigas totalmente alienadas como ela. Mas a chegada do enteado de seu pai muda tudo, primeiro por ele criticá-la de não tomar conhecimento com o "mundo real" e em segundo lugar por ela descobrir que está apaixonada por ele.
Obra: Emma (Jane Austen)
Sinopse: Emma Woodhouse é uma jovem aristocrata que vive entediada em um palacete próximo a Londres, na companhia do pai idoso e viúvo. A vida havia se tornado insuportavelmente enfadonha após o casamento e a partida de sua governanta e única confidente. Emma consegue fugir da monotonia ao promover encontros entre pares que considera ideais para se casarem. Leva e traz comentários românticos entre rapazes e moças, sussurrando em seus ouvidos impressões próprias a respeito dos sentimentos alheios. Apesar de ser repreendida pelo querido amigo George Knightley, Emma insiste em dar continuidade à sua "missão", certa de estar praticando o bem. No entanto, uma inesperada reviravolta acontece em sua vida, desestabilizando completamente a jovem que acreditava exercer total controle sobre os assuntos do coração.


Filme: 10 Coisas que Eu Odeio em Você (Gil Junger, 1999)
Sinopse: A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada.
Obra: A Megera Domada (William Shakespeare)
Sinopse: A A Megera Domada (1593-1594) é uma bela comédia de costumes, repleta de movimento e alegria. É a história da indomável Catarina e de Petruchio, o fidalgo de Verona, seu pretendente. A peça foi adaptada de uma antiga comédia de autor desconhecido. Alguns críticos afirmam que Shakespeare teve um colaborador na elaboração deste seu trabalho teatral.


Filme: Ela É o Cara (Andy Fickman, 2006)
Sinopse: Viola (Amanda Bynes) é uma boa jogadora de futebol, mas sempre é impedida de jogar com os garotos de sua escola devido ao preconceito de que mulher não pode ser tão boa no esporte quanto um homem. Furiosa, Viola aproveita a viagem de seu irmão Sebastian (James Kirk) e decide se passar por ele em sua escola, jogando no time masculino de futebol. Ela tem apenas duas semanas para mostrar que sabe jogar futebol, mas acaba se apaixonando por Duke (Channing Tatum), seu companheiro de quarto, que acredita que ela é um homem.
Obra: Noite de Reis (William Shakespeare)
Sinopse: Nesta peça, um grupo arma uma cilada para fazer de bobo Malvólio, personagem que não sabe se divertir e muito menos aceitar a diversão dos outros. Uma segunda personagem que não está imbuída do espírito de diversão naquele Dia de Reis é Olívia, que guarda luto severo pela perda de seu irmão – até que isso perde sua importância quando ela conhece Cesário e por ele se apaixona. Aqui entra a genialidade shakespeariana, lidando de modo magistral com questões de amores não correspondidos, afetos impossíveis, identidades falseadas, e levando a trama cômica a um final feliz de acertamentos amorosos. Os amores acontecem e desacontecem, o ser amado a um tempo pode ser um e a outro tempo pode ser outro. Não deixa de ser uma visão cética sobre o amor, que em Noite de Reis revela-se altamente circunstancial – e na maioria das vezes romanticamente cômico, ou comicamente apaixonado.


Filme: Ela É Demais (Robert Iscove, 1999)
Sinopse: Em uma escola secundária de Los Angeles, Zach Siler (Freddie Prinze Jr.) é o jovem mais popular. Ele namora Taylor Vaughan (Jodi Lyn O'Keefe), uma rica esnobe que é bastante badalada. Quando Taylor dispensa Zach para ficar com Brock Hudson (Matthew Lilard), um ator de televisão de terceira categoria, Zack aposta com um amigo que qualquer garota que ele namore se tornará a rainha do baile. A escolhida é Laney Boggs (Rachael Leigh Cook), que é estranha e inacessível, e Zack só tem seis semanas para conquistá-la e modificá-la. Esta tarefa se mostra bastante difícil mas gradativamente Zach se envolve com Laney, que agora se mostra muito mais bela.
Obra: Pigmaleão (George Bernard Shaw)
Sinopse: A peça conta a história de Eliza Doolittle, uma mendiga que vende flores pelas ruas escuras de Londres em busca de uns trocados. Em uma dessas rotineiras noites, Eliza conhece um culto professor de fonética Henry Higgins e sua incrível capacidade de descobrir muito sobre as pessoas apenas através de seus sotaques. Quando ouve o horrível sotaque de Eliza, aposta com o amigo Hugh Pickering, que é capaz de transformar uma simples vendedora de flores numa dama da alta sociedade, num espaço de seis meses.

Quais você já assistiu? 
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig