Resenha: Série Falling Skies‏

Olá pessoal. A série da qual eu vou falar hoje se chama Falling Skies, e é uma série de ficção cientifica apocalíptica. A série estreou em 2011 nos Estados Unidos e tem quatro temporadas.

Eles não podem nos matar, e não podem nos dominar. Então eles nos transformam neles.
O planeta foi invadido por alienígenas, que primeiro atacaram as bases militares do exército, e depois explodiram as maiores cidades do mundo. Milhões de pessoas morreram, mas eles não pararam por ai. As espécies, conhecidas como Saltadores, por terem seis pernas e escalarem paredes, passaram a seqüestrar crianças e adolescentes, levando-os de seus pais e matando os adultos. Essas crianças então eram submetidas a algum tipo de arreio, um animal que se encaixava na base da coluna, passando a ter controle sobre os movimentos do ser. Era quase impossível arrancar os arreios sem matar a criança, então muitas delas morreram por conta disso.

Nosso protagonista é Tom Mason, professor de história e um dos soldados mais importantes da 2ª Massachussets, um tipo de grupo que fazia parte da resistência humana contra os alienígenas. A 2ª Mass era liderada pelo coronel Dan Weaver, um homem que, após perder as filhas e a esposa para os invasores, passou a dedicar-se totalmente na luta pela sobrevivência de todos os civis e soldados da 2ª Mass.
No inicio, o maior desafio dos personagens era encontrar comida, abrigo e combustível para os automóveis, porém eles sempre encontravam Saltadores e Mechas (robôs criados pelos Saltadores) no caminho, e eram obrigados a lutar. Com o passar das temporadas, eles começaram a realmente lutar contra os alienígenas, encontraram formas ágeis de matá-los e uma forma de salvar as crianças arreadas. Os humanos estavam em guerra contra os invasores, e dariam um jeito de vencê-los e de salvar os que precisavam de ajuda.
A primeira, segunda e terceira temporadas foram as melhores. O grupo da 2ª Mass era mais unido e sabiam com o quê estavam lidando, mas a partir da quarta temporada, as coisas meio que saíram do controle e a história se perdeu, certos acontecimentos me deixaram desanimada para acompanhar o resto da série. Os primeiros e últimos episódios de todas as temporadas eram os mais emocionantes e cheios de ação, sempre acontecia alguma coisa que me deixava ansiosa e tensa para o próximo, mas com a quarta temporada não foi assim. Ela começou bem bacana, com alguns fatores surreais demais, mas ainda assim legais; porém o ultimo episódio chegou a ser tosco, fiquei desanimada para ver a quinta (e ultima) temporada, e irritada.
Agora vou falar um pouco dos personagens principais e secundários. Temos Tom Mason, que eu já mencionei anteriormente; ele é um dos soldados da 2ª Mass e tem três filhos, Hal, de 16 anos, Ben, de 14 e Matt com 8 anos, porém Ben foi pego pelos Saltadores e foi arreado. Temos a Dra. Anne Glass, uma pediatra que acabou se tornando cirurgiã em tempo integral desde que foi parar no grupo; Coronel Weaver, um homem corajoso que se dedica totalmente á resistência e sobrevivência; John Pope, um ex-presidiário que tem Tom como inimigo número 2 (ficando atrás somente dos alienígenas.); Maggie, uma garota que fazia parte do grupo de Pope; Lourdes, ex-estudante de medicina que acabou por tornar-se médica ao trabalhar com Anne; e Jimmy, um garoto de 13 anos que se tornou um soldado.

Uma coisa que me irritava bastante era ver que Mason era tratado de forma diferente de todos os outros. Como o próprio Pope dizia, "mais um episódio dramático da família Mason", pois eles sempre acabavam cometendo alguma gafe e saiam impunes, enquanto os outros acabavam se ferrando (desculpem o palavreado). Pope era o único que via a desigualdade com que os outros eram tratados ao lado dos Mason, mas ninguém lhe dava ouvidos, muito menos confiavam nele.
No inicio eu não gostei muito de Pope, ele tinha aquela cara de vilão e agia como tal, mas ao longo das temporadas, passei a gostar bastante do personagem, até que ele se tornou um dos meus favoritos, junto com Maggie, Hal e Ben.
A série tem muuita ação, e os efeitos são muito bons, apesar de deixarem os alienígenas com cara de tartaruga gigante. Poucas coisas deixam a desejar, como o tal acontecimento da quarta temporada que mencionei acima, mas não vou aprofundar o assunto para não dar nenhum spoiller.

Falling Skies é uma das minhas séries favoritas, mas é uma pena que já esteja em sua ultima temporada. O ultimo episódio que eu vi (4ªtemp. ep.12) foi sim um pouco fraco, mas espero de verdade que a série ganhe um UP no inicio da 5ª.

Quem gosta de histórias apocalípticas e de ficção com certeza vai gostar desta série, mas já aviso para tomar cuidado com os personagens, eles podem te conquistar.
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig