Vigorexia: você sabe sobre esse perigo?

Vigorexia é uma doença, que acomete tanto homens quanto mulheres, que os fazem lutar em busca de um corpo perfeito, definido e musculoso. 90% das pessoas que sofrem dessa doença, já tem um corpo "perfeito", mas quando se olham no espelho, não enxergam o corpo da maneira desejada e buscam cada dia malhar mais para conquistar o que desejam, mesmo ele já existindo. A vigorexia é o contrario da anorexia, onde as pessoas que se olham no espelho se sentem gordas e deformadas, já na vigorexia, as pessoas se olham no espelho e se sentem magras e fracas. Uma famosa, que sofre desse mal é Rainha do Pop: Madonna, que malha por 6 horas seguida, 6 dias por semana. Como toda doença, não podemos julgar, mas sim tentar entender os motivos que levam as pessoas a sofrerem desse complexo.

Como um vigoréxico se vê?
O modo como uma pessoa com vigorexia se enxerga tem uma relação importante com a quantidade de massa muscular. Geralmente a pessoa se enxerga com pouca ou insuficiente quantidade de massa muscular, que pode ser no corpo todo ou em específicas partes.

Quais sinais associam alguém à vigorexia?
Comer mais para "ficar grande", especialmente carnes, peixes e ovos; ingerir suplementos de proteína diariamente; exercitar-se em excesso ou fazer musculação durante várias horas por dia; não participar de eventos com a família ou amigos para treinar; recusar-se a descansar adequadamente entre as sessões de treino, mesmo que isso implique em problemas de saúde ou lesões; além de insistir que é fraco mesmo sendo muito musculoso.

Vigoréxicos se pesam e se olham no espelho diversas vezes ao longo do dia?
Não necessariamente. A grande preocupação é com a forma corporal e não com o peso. Mas quem tem vigorexia pode, por exemplo, medir com frequência algumas regiões do corpo, como o braço com fita métrica. 


Os padrões exigentes de beleza são determinantes para a vigorexia?
O padrão de beleza não é determinante porque muitas pessoas são expostas, mas nem todas desenvolvem o transtorno.

Que problemas a vigorexia pode trazer em longo prazo, se não detectada?
A vigorexia pode causar intenso sofrimento psíquico, lesões em articulações e músculos e cansaço. Dependendo do suplemento utilizado, as consequências podem ser desde taquicardia até problemas nos rins e caso a pessoa utilize esteroides anabolizantes, as consequências são ainda mais graves como manchas vermelhas pelo corpo, especialmente nos ombros e costas. Além disso, sofrerá com alterações de humor bruscas como raiva, agressividade e depressão, alucinações e medo/desconfiança extrema. Sem contar os problemas físicos como o crescimento excessivo do tecido mamário; cabelos finos; coloração da pele amarelada; alterações de apetite (perda, diminuição ou aumento); modificação no padrão de sono ou insônia; tontura; tremores; náuseas e vômitos; um rápido ganho de peso ou da massa muscular; aumento da pressão sanguínea; e diminuição do desempenho sexual. Pode gerar ainda o aumento do risco de doenças do coração, acidente vascular encefálico (derrame) e câncer. 

Quais aspectos são levados em consideração na hora do diagnóstico?
A grande preocupação com o corpo; achar que nunca está suficientemente musculoso; desistir com frequência das atividades sociais para manter a rotina de exercícios e/ou dieta para hipertrofia (aumento do tamanho da fibra muscular); e fazer uso de substâncias para ganhar massa muscular (suplementos, esteroides anabolizantes, etc.) independente dos seus efeitos colaterais. Além de evitar situações em que o corpo será exposto ou apresentar grande sofrimento nessas situações. 

Como se trata alguém com vigorexia?
O tratamento sugerido é multidisciplinar, sendo recomendado um acompanhamento com nutricionista, educador físico, psicólogo e médico. No entanto, é muito difícil que pessoas reconheçam que devem se tratar ou até mesmo que sejam tratadas por profissionais. Isso porque "esculpir um corpo" com atividades físicas e dieta são comportamentos considerados saudáveis pela sociedade. 

Agora pessoal, quando seu amigo que ama malhar, mesmo já tendo o corpo perfeito, começar a apresentar algum desses sinais, vocês já sabem como agir. E não se esqueçam, vigorexia é uma doença e as pessoas que sofrem dela, merecem respeito e compreensão. 
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig