Cabelos brancos e agora?

Engana-se quem pensa que apenas pessoas mais velhas têm cabelos brancos, muitos adolescentes por motivos genéticos apresentam em sua juventude os tão temidos fios brancos. Como não são todos que celebram essa nova cabeleira, que pode até ser muita charmosa, vamos às dicas para escondê-las!

Além de genética ser determinante, diversos fatores relacionados ao estilo de vida podem levar à chegada dos fios brancos antes da hora, como uma rotina estressante e hábitos incorretos, como o consumo de álcool, tabagismo, insônia, alimentação inadequada e falta de descanso.  

Logo que os fios começam a ficar grisalhos eles obtêm muita queratina devido à falta de pigmentação existente, assim tendem a ficar mais rebeldes e arrepiados. Nesse caso para o tratamento dos fios, o uso de produtos para eliminar o frizz é essencial.  

A hidratação dos fios grisalhos é diferente da que acontece nos cabelos 'normais', pois além do frizz, a textura é diferente, então é necessário fazer tratamentos rejuvenescedores e antioxidantes para os fios envelhecidos. Os mais recomendados são os produtos à base de ácido hialurônico, capazes de nutrir e preencher os poros da fibra, dando assim hidratação e elasticidade ao couro cabeludo. 

O segredo para não deixar os fios brancos amarelarem é usar xampus com pigmentos azuis e violeta. Esses produtos agem fazendo uma limpeza nos fios brancos, evitando a oxidação e, consequentemente, o efeito amarelado. 

Nenhum dano é provocado pelo uso de tintura nos fios grisalhos, pelo contrário, hoje as colorações possuem uma composição mais cosmética, que além de cobrir os fios brancos, tratam o cabelo de maneira específica para que fiquem disciplinados.  Hoje já há várias tinturas específicas para esse tipo de fio, como colorações com amônia, colorações permanentes, colorações semi-permanentes e as colorações naturais. O correto é analisar o cabelo com profissionais especializados para identificar sua necessidade.  

Prontinho, agora quem não se sente a vontade com seus cabelos grisalhos, já sabe o que fazer! 
Share:

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig