Cuidando da bateria do seu celular

Quem não morre quando está usando o celular e a bateria acaba DO NADA? Você pode ter carregado ele a noite inteira, mas no meio da tarde seu celular já começa avisar que está chegando ao fim a bateria... O que fazer? Nesse post vamos descobrir uns mitos e verdades sobre as baterias e também aprender a cuidar melhor do nosso amiguinho. 

Cuidados básicos:
• Não deixe o celular exposto no sol;
Pode acontecer da bateria esquentar muito e acontecer algum dano interno.

• Siga as recomendações de tempo de carga da bateria;
Cada celular vem escrito no manual como usar a bateria, por isso tome cuidado para não abusar do tempo necessário.

• Não deixe o celular carregando "abandonado" em casa ou no carro;
Mais uma vez, a bateria dele pode esquentar e corre o risco de explodir.

• Não deixe o celular exposto à umidade (no banheiro, sauna, etc.);
A umidade pode causar muitos danos no celular, corroendo algumas peças e outros problemas na bateria.

• Caso o celular caia na água, não o ligue; 
Você deve procurar ajuda de especialistas ou recorrer a garantia.

• Não utilize carregadores e baterias de procedência duvidosa;
Além de ter um risco enorme de acidentes, estraga o celular.

• Evite derrubar o celular, a bateria ou o carregador;
Essa dica é mais para quem derruba o tempo todo, pois é impossível não acontecer isso, mas infelizmente a bateria é desgastada a cada tombo. 

• Caso coloque o celular na bolsa ou no bolso da calça ou da camisa, evite que ele fique em contato com moedas, clipes ou artefatos metálicos;
Eles podem provocar curto-circuito na bateria.

Mitos e verdades
"Toda bateria deve ter sua carga usada até o final para, então, ser recarregada."
Mito! As baterias atualmente usadas em equipamentos eletrônicos são as de polímero de íon de lítio, que dispensam o cumprimento de ciclos completos de carga e descarga. Por isso, o usuário pode ligar o equipamento à tomada antes de acabar a carga.

"Se a bateria for carregada antes de chegar ao fim, sofrerá o efeito memória: precisará de mais carga antes mesmo que a energia armazenada chegue ao fim."
Mito! Isso acontecia com as antigas baterias de níquel — elas exigiam o cumprimento completo de um ciclo de carga e descarga –, mas não se repete com as atuais baterias de íon de lítio. Dessa forma, dizem os fabricantes, o usuário pode carregar o eletrônico quando bem entenderem.

"Nunca posso parar de carregar um eletrônico antes de a carga chegar a 100%."
Mito! As baterias atualmente usadas em equipamentos eletrônicos são as de polímero de íon de lítio, que dispensam o cumprimento de ciclos completos de carga e descarga. Por isso, o usuário pode desconectar o equipamento da tomada antes a bateria estar 100% carregada. 

"O período em que a bateria retém a carga diminui com o tempo."
Verdade! O período em que ela retém a carga reduz, de acordo com a forma como ela é usada – quanto mais cuidados por parte do usuário, maior a demora para essa consequência negativa aparecer. Fato é que existe a possibilidade de o consumidor ter de trocar a bateria do celular ou notebook uma vez (ou até algumas vezes) durante a vida útil desses eletrônicos. 

"Os eletrônicos devem ser desconectados da tomada logo após a bateria encher."
Mito! Desde que os carregadores utilizados sejam originais, eles identificam quando o carregamento da bateria chegou a 100% e, então, param de enviar energia. Por isso, não há perigo de sobrecarga quando os equipamentos são todos originais.

O importante é sempre procurar uma assistência técnica se ocorrer algum problema com sua bateria. E sempre ter cuidado para não judiar muito dela e também do celular como um todo, pois ele não dura para sempre.
Share:

2 comentários

© Depois que crescemos | All rights reserved.
by pipdig